PARA SUGESTÕES & ANÚNCIOS

© 2008  RPG Planet | Tchelo e Lina Pascon.

 Desenvolvido por Webcraft Comunicação Ltda.

Notícias!

RPG Planet vai marcar presença no lançamento da versão brasileira de D&D 5E
Conheça os Locathah, nova raça jogável de D&D 5E
Vampiro: A Máscara 5ª edição vai chegar ao Brasil pela Galápagos Jogos
Show More

Fórum

Ago 18

Dificuldade em escolher tendencia!

2 comentários

Boa tarde pessoal...

 

Estou iniciando no mundo de rpg e estou criando um novo personagem para jogar em uma nova campanha, criei o bg dele, ideais, ligações e defeitos... Porem na hora de escolher a tendencia não consigo me encaixar em alguma... sempre acho algo que me faz sair dela. Queria ver se vocês podem me dar uma ajuda =)

 

Resumidamente meu personagem era um escravo e sua mãe cometeu suicídio por causa disso, ataquei meu mestre e fugi ... Quando tava prestes a morrer nas ruas, uma guilda de assassino me acolheu e me treinou, e no meu ritual de formação matei o filho do meu antigo mestre e ele jurou me caçar... até ai tudo bem... A lealdade do personagem esta na guilda, as leias da guilda estão acima das leis dos homens e dos deuses, e tudo q o personagem é ele deve a guilda. Então ele é um assassino mas segue leis da sua guilda e abomina humanos.

 

Entao... ele segue alguma tipo de lei, é um assassino, se importa coma liberdade das pessoas por ter sido um escravo e se n conseguir resolver as coisas na intimidação puxas as adagas hahahah

 

Qual tendencia consigo encaixar nele? me deem uma luz plz =( Sera q estou fazendo algo mtu complexo e deveria modificar algumas coisas?

 

 

Primeiro, se você escolheu um ideal baseado no background do livro, então vc ja tem metade do alinhamento, use esse. Se o alinhamento for "Qualquer" siga o proximo passo. Escolha conforme sua historia.

Você pensar que ele seria "leal" por ter um rigido codigo de conduta, mas esse codigo de conduta rejeita as leis dos homens e deuses, logo ou caotico ou neutro. Você foi um ex escravo e provavelmente acha a escravidão abominavel, logo Caotico.

Mal pode ser tanto definido pelo poder destrutuvo (como um genocida) ou sua ganancia e egoismo (querer passar por cima de tudo e todos). Seguindo o poder destrututivo, você faz parte de um grupo de assassinos que mata por matar (ou qualquer outra justificativa inaceitavel para uma pessoa boa) e tem repudio de um raça expecifica (provavelmente querendo destrui-la). Você naõ é nem bom, nem neutro, você é Maligno.

Parabens, você criou um vilão.

Realmente levando pro lado q tu escreveu, se parece muito com um vilão mesmo kkkk Não era bem essa a minha intenção =( Acho q irei modificar algumas coisas pra ele n ficar tao virado pro mal... Muito obrigado pelas dicas =)

Posts Mais Recentes
  • Douglas Galdino
    há 4 dias

    Olá , sou novo no cenário do rpg e queria ter essa dúvida esclarecida! Agradeço desde já
  • Prezados, bom dia. Estou para iniciar uma campanha de Descent into Avernus e na minha rolagem de atributo acabei tendo duas "melhores" opções para um paladino. Inteligencia 7 Sabedoria 14 ou Inteligencia 13 Sabedoria 8. No entanto, tenho dificuldade de imaginar como seria interpretar um personagem com os atributos desta forma. Alguem poderia me dar uma ideia?
  • Estou jogando uma mesa com somente um amigo (minha namorada está mestrando), só que ele não parece nada animado com o rpg. A ambientação foi muito legal e teve todo um processo de backstory antes de começar o rpg. Só que esse amigo meu não criou uma história para o próprio personagem (disse que o personagem dele perdeu a memória). Eu tentei incentivar ele a pensar em coisas gerais do mundo que nós três criamos, mas ele também não quis. Durante a primeira sessão, a mestre fez algumas interações com ele, mas ele se mostrou muito fechado. Até mesmo com interação entre personagens. Eu entendo que alguns jogadores preferem não fazer o roleplay. O que me incomoda é o desinteresse dele de criar qualquer coisa relacionado ao personagem dele. Parece que ele só está lá para rolar dados. Obs.: Eu já joguei com ele antes e ele não era assim. Conversei com ele sobre isso e a única coisa que ele me disse foi que não gostava dessa parte de roleplay. O que eu posso fazer para ajudar ele?